Laurent Filipe Apresenta
Homenagem a Bessie Smith
a "Imperatriz" do Blues"


com Jacinta e o Sexteto de Laurent Filipe


 

 
Bessie Smith elevou os Blues cantados em espectáculos de tenda, aos circuitos de Vaudeville e dos grandes teatros do norte dos EUA, imprimindo à forma uma majestade que o Blues não tinha até então tido. O seu poder de interpretação e a sua emoção transcenderam a trivialidade das letras. A sua voz inconfundivel marcou para sempre a história dos Blues em todas as gravações que efectuou para a Columbia Records, desde 1923 até à sua morte, em 1937. Pela sua importancia no panorama musical do principio do século XX, Bessie Smith ficaria para sempre (re)conhecida como "A Imperatriz dos Blues".

 

O espectáculo, com uma duração de aproximadamente 90 minutos, consiste numa Homenagem Retrospectiva da Obra da "Imperatriz". O reportório, inclui uma vasta selecção de temas (adaptados e arranjados) que abrangem a parte mais significativa da obra gravada de Bessie Smith, para a Columbia Records, entre 1923 e 1930.

 

A formação é a seguinte:

Jacinta (voz)

Laurent Filipe (trompete)

Mario Santos (clarinetes e saxofones)

Gregg Moore (trombone e banjo)

Rodrigo Gonçalves (piano)

Alexandre Frazão (bateria)

Massimo Cavalli (contrabaixo e baixo electrico)

 

"Jacinta ultrapassou todas as expectativas. Um concerto inesquecível."

(António Rubio in "Correio da Manhã").


 
 
VOLTAR